user preferences

Bento 16 afirma que a religião muçulmana é "irracional" e "incompatível" com a natureza de Deus.

category international | religion | other libertarian press author Sunday September 17, 2006 19:42author by Francisco Trindade Report this post to the editors

Bento 16 afirma que a religião muçulmana é "irracional" e "incompatível" com a natureza de Deus.

Bento 16 afirma que a religião muçulmana é "irracional" e "incompatível" com a natureza de Deus.

Apresentamos o novo texto do blog http://www.franciscotrindade.blogspot.com

Texto intitulado

Bento 16 afirma que a religião muçulmana é "irracional" e "incompatível" com a natureza de Deus.

Segue-se excerto do texto que pode ser lido na íntegra em
http://www.franciscotrindade.blogspot.com

Muçulmanos rejeitaram hoje as declarações de Bento 16 a respeito do islã e exigiram um pedido de desculpas do papa, que acusam de ter aderido à "campanha contra a religião muçulmana".
"O papa do Vaticano se uniu à aliança sionista-americana contra o islã", diz o jornal "Attajdid", do Marrocos, o principal jornal islâmico do reino.
"Exigimos que ele peça desculpas pessoalmente, e não por meio do Vaticano, aos muçulmanos", afirmou Mohammad Hussein Fadlallah, um dos principais clérigos muçulmanos no mundo.
Em um discurso na Alemanha nesta terça-feira, Bento 16 pareceu endossar a visão cristã, contestada por muitos muçulmanos, de que, em sua origem, a religião islâmica foi disseminada pelo mundo por meio da violência.
Bento 16 voltou a criticar o profeta Maomé, dizendo que o conceito islâmico da "jihad" mostra que a religião muçulmana é "irracional" e "incompatível" com a natureza de Deus.
Clérigos muçulmanos e líderes de muitos países criticaram as declarações do papa, dizendo que apontam um sinal de "ignorância a respeito do islã".
A Irmandade Muçulmana --o maior grupo político islâmico-- exigiu um pedido de desculpas do papa e exigiu que os governos de países islâmicos cortem relações com o Vaticano.
O grupo disse ainda que as declarações do papa "aumentam as divergências" entre o mundo muçulmano e o Ocidente e revelam "profundo ódio" aos muçulmanos.
Segundo o xeque Hamza Mansour, que lidera o Conselho de Shura da Frente de Ação Islâmica --principal partido de oposição da Jordânia-- apenas um pedido de desculpas pode retificar o "grave insulto representado pela provocação para mais de 1 bilhão de muçulmanos".


Textos de ontem:

CITAÇÕES
Chefias das secretas com direito a casa mobilada
“Sol” - um jornal novo, mas…
Crata de uma Educandora
A atrocidade do 11/Set do império anglo-americano
Diplomacia?
O banco central dos EUA: O templo e os seus segredos sujos

Saudações proudhonianas
Até breve
Francisco Trindade

Related Link: http://www.franciscotrindade.blogspot.com/
This page can be viewed in
English Italiano Deutsch
© 2005-2023 Anarkismo.net. Unless otherwise stated by the author, all content is free for non-commercial reuse, reprint, and rebroadcast, on the net and elsewhere. Opinions are those of the contributors and are not necessarily endorsed by Anarkismo.net. [ Disclaimer | Privacy ]