user preferences

New Events

Norte da África

no event posted in the last week

A rua egípcia mais forte que as urnas!

category norte da África | community struggles | comunicado de imprensa author Friday December 20, 2013 02:26author by Alternative libertaire - AL Report this post to the editors

O presente texto, traduzido para o português do Brasil, apresenta uma análise feita pelo grupo Alternative Libertarie - AL sobre a questão egípcia.
Propondo como o caminho para o povo egípcio, uma luta que se encaminhe desde as bases, desde a rua, até de modo mais global contra o imperialismo americano e o fascismo religioso que disputam incessantemente o poder. [Français]

morsiout.jpg


A rua egípcia mais forte que as urnas


Dois anos e meio após a derrubada de Hosni Mubarak a rua egípcia volta a falar. Mohamed Morsi foi caçado do poder após um ano de reinado e quatro dias de manifestações, de uma amplitude nunca antes vista na história do país.

Os egípcios e as egípcias recordam ao mundo que uma eleição não é um cheque em branco que da aos representantes o direito a tudo fazer. A democracia real implica um controle dos mandatos pelos eleitores e isto não será nada sem a possibilidade de revogar aqueles que estão no mandato. Nenhuma constituição possibilita o poder aos seus trabalhadores (exceto alguns “referendos revocatórios” à la chavismo): as classes dominantes poderiam ter mais medo da espiral democrática do que de suas despesas. Para além das constituições, para além das leis, para além da “legitimidade democrática” baseada nas eleições, os trabalhadores e trabalhadoras do Egito se reapropriam de seu destino pela mobilização coletiva e revolucionária. Que nossos chefões ocidentais enforquem a “semente”, pois dela se gera as ideias aos trabalhadores e trabalhadoras de todo o mundo!

Entretanto, essa segunda revolução é marcada pela intervenção do exército na derrubada final de Morsi e dos assensos de golpes de Estado. Se os militares não derem uma saída inelutável para retificar o que diz a rua, acarretará uma faceta simbólica desastrosa. Para além do símbolo, os militares são em grande parte um retorno do poder autoritário e um retorno a um regime parecido com aquele que a rua veio a derrubar há dois anos e meio. Detentores de uma grande parte das riquezas do país (35 % do PIB), os militares tem pressa para tomar integralmente o poder político que é a garantia da perenidade de seu império econômico, sem levar em conta os interesses dos trabalhadores e das trabalhadoras.

Alternative Libertaire (AL) apóia os movimentos sociais egípcios assim como com as forças progressistas na batalha contra os islamitas e o exército para fazer nascer no Egito a liberdade, a igualdade social e uma verdade democrática fundada sobre os poderes populares.

Alternative Libertaire (AL)

9 de julho de 2013

Tradução: Marcelo Mazzoni

Related Link: http://www.alternativelibertaire.org/
This page can be viewed in
English Italiano Deutsch
Employees at the Zarfati Garage in Mishur Adumim vote to strike on July 22, 2014. (Photo courtesy of Ma’an workers union)

Front page

ANARCHISM, ETHICS AND JUSTICE: THE MICHAEL SCHMIDT CASE

Land, law and decades of devastating douchebaggery

Democracia direta já! Barrar as reformas nas ruas e construir o Poder Popular!

Reseña del libro de José Luis Carretero Miramar “Eduardo Barriobero: Las Luchas de un Jabalí” (Queimada Ediciones, 2017)

Análise da crise política do início da queda do governo Temer

Dès maintenant, passons de la défiance à la résistance sociale !

17 maggio, giornata internazionale contro l’omofobia.

Los Mártires de Chicago: historia de un crimen de clase en la tierra de la “democracia y la libertad”

Strike in Cachoeirinha

(Bielorrusia) ¡Libertad inmediata a nuestro compañero Mikola Dziadok!

DAF’ın Referandum Üzerine Birinci Bildirisi:

Cajamarca, Tolima: consulta popular y disputa por el territorio

Statement on the Schmidt Case and Proposed Commission of Inquiry

Aodhan Ó Ríordáin: Playing The Big Man in America

Nós anarquistas saudamos o 8 de março: dia internacional de luta e resistência das mulheres!

Özgürlüğümüz Mücadelemizdedir

IWD 2017: Celebrating a new revolution

Solidarité avec Théo et toutes les victimes des violences policières ! Non à la loi « Sécurité Publique » !

Solidaridad y Defensa de las Comunidades Frente al Avance del Paramilitarismo en el Cauca

A Conservative Threat Offers New Opportunities for Working Class Feminism

De las colectivizaciones al 15M: 80 años de lucha por la autogestión en España

False hope, broken promises: Obama’s belligerent legacy

Primer encuentro feminista Solidaridad – Federación Comunista Libertaria

Devrimci Anarşist Tutsak Umut Fırat Süvarioğulları Açlık Grevinin 39 Gününde

© 2005-2017 Anarkismo.net. Unless otherwise stated by the author, all content is free for non-commercial reuse, reprint, and rebroadcast, on the net and elsewhere. Opinions are those of the contributors and are not necessarily endorsed by Anarkismo.net. [ Disclaimer | Privacy ]