user preferences

New Events

Brazil/Guyana/Suriname/FGuiana

no event posted in the last week

Lula, Maluf e a memória operária

category brazil/guyana/suriname/fguiana | história | opinião / análise author Saturday July 07, 2012 02:02author by Bruno Lima Rocha Report this post to the editors

O líder sindical Santo Dias foi assassinado em 1979, com um tiro nas costas, pela Polícia Militar de São Paulo, sob as ordens do então governador arenista Paulo Maluf. Se estivesse vivo, Dias completaria 70 anos e veria o seu antigo companheiro de luta apertar a mão do algoz que lhe tirou a vida.
santodias.jpg

É senso comum afirmar que a política profissional é a arte da traição, uma carreira perfeita para traidores de classe ou ambas as opções, dentre dezenas de outras com péssima caracterização.

Ninguém precisa ser experto em análise política para deduzir que me refiro a aliança entre o pré-candidato do PT para a Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad e o ex-prefeito e ex-governador e ex-candidato à Presidência pelo partido de apoio da ditadura militar, o engenheiro Paulo Salim Maluf (PP).

Longe de pensar em termos moralistas (embora um pouco de moral pública nunca faça mal), aponto para o tema da acumulação de forças através da memória histórica.

Luiz Inácio posar ao lado de Paulo Salim em fotos de difusão, celebrando a aliança de ocasião com o político mais internacional do Brasil além dele próprio (isto porque Maluf está na lista da Interpol), é uma chibatada na história recente do sindicalismo brasileiro em geral, e do operariado fabril em particular.

Para os que pensam ser exagero, trago a memória histórica como prova cabal. Em 1979, o então arenista, homem de confiança do regime de exceção, era justamente o governador dos paulistas, Paulo Maluf.

Como os pioneiros do sindicalismo autêntico devem se lembrar, São Paulo capital era território dos pelegos, capitaneados por Joaquinzão e seus herdeiros, os mesmos que vieram a organizar a Força Sindical e ocupar a pasta do Trabalho nos anos de Lula.

No ABC, o grupo autêntico construíra nova hegemonia, mas na capital a situação era mais dura para as oposições sindicais.

30 de outubro de 1979 é a data do martírio da liderança que poderia rivalizar com Lula nos anos seguintes. Santo Dias da Silva (Santo Dias), sindicalista negro e oriundo das Comunidades Eclesiais de Base foi assassinado pela Polícia Militar sob comando de Maluf.

O fato comoveu a cidade e o país, vindo a se eternizar no filme Eles não Usam Black-Tie (Leon Hírzman,1981), obra esta que é filmografia em qualquer curso de formação sindical e de movimento popular (eu mesmo já o apliquei em dezenas de oficinas).

Quando os analistas e acadêmicos estudiosos da política se perguntam os porquês da desmobilização da sociedade brasileira, esta referência simbólica pode ser uma boa pista. Infelizmente, o pragmatismo político (a maldita real politik) opera com a mesma virulência da ROTA dos tempos áureos do malufismo agora ressuscitado.

Santo Dias e centenas de outros, foram novamente assassinados, com a foto dos novos aliados, Lula e Maluf.

Bruno Lima Rocha

Related Link: http://www.estrategiaeanalise.com.br
This page can be viewed in
English Italiano Deutsch

Front page

Declaración Anarquista Internacional: A 85 Años De La Revolución Española. Sus Enseñanzas Y Su Legado.

Death or Renewal: Is the Climate Crisis the Final Crisis?

Gleichheit und Freiheit stehen nicht zur Debatte!

Contre la guerre au Kurdistan irakien, contre la traîtrise du PDK

Meurtre de Clément Méric : l’enjeu politique du procès en appel

Comunicado sobre el Paro Nacional y las Jornadas de Protesta en Colombia

The Broken Promises of Vietnam

Premier Mai : Un coup porté contre l’un·e d’entre nous est un coup porté contre nous tou·tes

Federasyon’a Çağırıyoruz!

Piştgirîye Daxuyanîya Çapemenî ji bo Êrîşek Hatîye li ser Xanîyê Mezopotamya

Les attaques fascistes ne nous arrêteront pas !

Les victoires de l'avenir naîtront des luttes du passé. Vive la Commune de Paris !

Contra la opresión patriarcal y la explotación capitalista: ¡Ninguna está sola!

100 Years Since the Kronstadt Uprising: To Remember Means to Fight!

El Rei està nu. La deriva autoritària de l’estat espanyol

Agroecology and Organized Anarchism: An Interview With the Anarchist Federation of Rio de Janeiro (FARJ)

Es Ley por la Lucha de Las de Abajo

Covid19 Değil Akp19 Yasakları: 14 Maddede Akp19 Krizi

Declaración conjunta internacionalista por la libertad de las y los presos politicos de la revuelta social de la región chilena

[Perú] Crónica de una vacancia anunciada o disputa interburguesa en Perú

Nigeria and the Hope of the #EndSARS Protests

How Do We Stop a Coup?

Aλληλεγγύη στους 51 αντιφασίστες της Θεσσαλονίκης

No war on China

© 2005-2021 Anarkismo.net. Unless otherwise stated by the author, all content is free for non-commercial reuse, reprint, and rebroadcast, on the net and elsewhere. Opinions are those of the contributors and are not necessarily endorsed by Anarkismo.net. [ Disclaimer | Privacy ]