Benutzereinstellungen

Neue Veranstaltungshinweise

Internacional

Es wurden keine neuen Veranstaltungshinweise in der letzten Woche veröffentlicht

Kommende Veranstaltungen

Internacional | Imperialismo / Guerra

Keine kommenden Veranstaltungen veröffentlicht

Editorial do Caderno Luta Social Nº5 ( Jan. 2010)

category internacional | imperialismo / guerra | opinião / análise author Samstag Januar 16, 2010 06:53author by Colectivo Luta Social (Portugal)author email iniciativalutasocial at gmail dot com Report this post to the editors

Já se pode baixar em Caderno Luta social Nº5
ls5.jpg


Caderno Luta Social Nº5 ( Jan. 2010)


Editorial

O Colectivo Luta Social tem sobrevivido ao longo do tempo (já lá vão 5 anos desde 2005!) e tem sabido encontrar os caminhos para uma intervenção socialmente significativa e útil em termos sociais.

Depara-se-nos um novo ano com desafios múltiplos, vamos enfrentando uma crise sistémica, que nos desafia a encontrar as pontes para um renovado combate de classe. Para nós está claro que sem uma ampla unidade na base, não haverá possibilidade de contrariar um capitalismo tanto mais feroz quanto os seus lucros estão em perigo. Mas sem esquecer o outro combate de esclarecer melhor, de formar trabalhadores, para que de não deixem o campo livre a todas as manifestações de comprometimento/ capitulação por parte daqueles que se arvoram em «representantes dos trabalhadores», para melhor fazer o jogo do patronato e do governo.

Tem sido um combate difícil, mas temos averbado algumas vitórias: conseguimos erguer uma coligação ampla, a Plataforma Anti-Guerra e Anti-NATO (PAGAN), com intervenção visível e com contactos internacionais, para a qual contribuímos federando energias das mais diversas, na maioria, bastante distantes ideologicamente do nosso projecto. Mas, para se fazer uma política unitária de verdade, temos de aceitar colaborar, na medida da nossa recíproca vontade, com todos/as aqueles/as que partilham, nem que seja de modo muito parcial, algumas das nossas preocupações e dos caminhos para a sua solução.

O caderno agora editado foi reservado a um estudo exaustivo efectuado pelo nosso companheiro que assina o blogue «Esquerda Desalinhada».

Esperamos com esta publicação possa contribuir para avivar o debate sobre o que é a NATO, sobre o papel que tem tido na política e na vida em geral deste país, assim como das formas concretas de luta pela emancipação desta estrutura militarista e do Império que a segrega.

Estamos, como sempre, abertos a colaborações, críticas e sugestões. O diálogo não é um luxo» ou «condescendência» para nós, é mesmo uma parte integrante da nossa militância e da nossa postura, especialmente quando apontamos para uma frente social e política de classe.

Verwandter Link: http://luta-social.blogspot.com/
 
This page can be viewed in
English Italiano Deutsch

Hauptseite

Contre la guerre au Kurdistan irakien, contre la traîtrise du PDK

Meurtre de Clément Méric : l’enjeu politique du procès en appel

Comunicado sobre el Paro Nacional y las Jornadas de Protesta en Colombia

The Broken Promises of Vietnam

Premier Mai : Un coup porté contre l’un·e d’entre nous est un coup porté contre nous tou·tes

Federasyon’a Çağırıyoruz!

Piştgirîye Daxuyanîya Çapemenî ji bo Êrîşek Hatîye li ser Xanîyê Mezopotamya

Les attaques fascistes ne nous arrêteront pas !

Les victoires de l'avenir naîtront des luttes du passé. Vive la Commune de Paris !

Contra la opresión patriarcal y la explotación capitalista: ¡Ninguna está sola!

100 Years Since the Kronstadt Uprising: To Remember Means to Fight!

El Rei està nu. La deriva autoritària de l’estat espanyol

Agroecology and Organized Anarchism: An Interview With the Anarchist Federation of Rio de Janeiro (FARJ)

Es Ley por la Lucha de Las de Abajo

Covid19 Değil Akp19 Yasakları: 14 Maddede Akp19 Krizi

Declaración conjunta internacionalista por la libertad de las y los presos politicos de la revuelta social de la región chilena

[Perú] Crónica de una vacancia anunciada o disputa interburguesa en Perú

Nigeria and the Hope of the #EndSARS Protests

How Do We Stop a Coup?

Aλληλεγγύη στους 51 αντιφασίστες της Θεσσαλονίκης

No war on China

Women under lockdown all around the world

Solidarity with the Struggle of North American People!

A libertarian socialist view of the capitalist and health crisis in the Americas

Internacional | Imperialismo / Guerra | pt

So 20 Jun, 04:08

browse text browse image

daf_in_kobane.jpg imageEm Shingal, Kobani e em toda a Rojava, o ISIS é Dehak e o Po 13:22 Fr 10 Okt by Devrimci Anarşist Faaliyet - DAF 0 comments

No Curdistão, o povo está lutando contra o ISIS, a "violência propagada" é gerada pelo capitalismo e pelos Estados que iniciam guerras para seus próprios benefícios. O ISIS, subcontratado dos Estados que buscam o lucro na região, está atacando o povo ao gritar "Estado Islâmico" e "Guerra Santa, a Jihad"! O povo está passando fome e sede, adoecendo, migrando e morrendo. Eles ainda estão lutando nesta batalha pela existência. O povo não está lutando por esquemas e estratégias em torno das mesas de reuniões, nem pelo lucro, mas pela sua liberdade.

textA directiva de retorno instaura o fascismo na Europa 03:26 Do 19 Jun by Colectivo Luta Social 0 comments

textVI Encontro Latino-americano de Organizações Populares Autônomas 19:53 Do 17 Jan by Comissão Organizadora do VI ELAOPA 0 comments

Texto base para o VI ELAOPA

imageDEBATENDO O CONCEITO DE IMPERIALISMO NO SÉCULO XXI Sep 09 by BrunoL 0 comments

Alguns debates são urgentes, não podem ficar para outro dia. Quanto mais urgente é sua temporalidade, mais rigor e cuidado é necessário para avançar teoricamente. Se a meta for fazer campanha, panfleto, difusão doutrinária, algo muito relevante, aí a pressa é outra e tudo fica para o curtíssimo prazo. Não é o caso dos textos deste analista quando faz análise. Nas redes sociais a presença é outra, mas na palavra escrita, toda a precisão é fundamental. Como já foi por mim descrito na primeira parte do debate, imperialismo se contrapõe, imperialismo se contrapõem e nacionalismo tem um significado nos países que são ou foram potência – e tem vocação, pretensões de expansionismo – e outro em países do Sul Global, da periferia do planeta e por vezes também na Semiperiferia, tal é o caso brasileiro. Cabe ressaltar que o tema do desenvolvimento capitalista também pode ser anti-imperialista, mas jamais rompe em si com a dominação interna e tampouco supera a luta de classes em sua versão latino-americana, a luta popular.

imageRetomando o debate sobre o conceito de imperialismo Aug 26 by BrunoL 0 comments

Preciso começar esta nova série (creio eu) em função de algumas razões óbvias. A primeira e a mais sensível das razões porque os conceitos são reais, ou ao menos intentam interpelar, interpretar o real vivido como experiência concreta e não apenas o universo imaginário (que também forma o real vivido). Ou seja, isso existe, existe imperialismo e existem potências - no plural sim - imperialistas.

imageVenezuela E Outra Tentativa De Invasão Do Império. Brasil: Milicos Na Rua Apr 11 by FAU 0 comments

Nota da FAU traduzida ao português.

imageGovernança global e hegemonia dos EUA Jan 15 by BrunoL 0 comments

A proposta desse artigo é expor uma linha de interpretação básica, de forma resumida, a respeito dos moldes da governança global no quesito do complexo tecnológico das telecomunicações, bem como o laço geoestratégico da economia política internacional. Por conseguinte, como demonstrado no artigo “A sonda Voyager1- desmente o dicurso neoliberal do Ministro Meirelles” (recomenda-se sua leitura antes deste) os advogados da ortodoxia econômica, ou novo liberalismo – encarado por eles como a economia em si mesma, ou, “a única alternativa”, com dizia Margareth Thatcher – são incapazes de pensar sobre questões relativas ao poder nacional, administração pública e governança global, as quais são questões co-determinantes do mundo real. Não que esta capacidade interpretativa seja muito distante ou quase inalcançável em função da ausência de erudição propalada por este neoliberalismo vulgar e doutrinário, mas sim por que todas as tentativas de falsificação das evidências se transformam em rodopio retórico na busca de modelos metafísicos – ridículos em termos científicos – mas perigosíssimos para qualquer forma de relação social.

textO FCPA e a capacidade investigativa global do Departamento de Justiça dos EUA Sep 09 by BrunoL 0 comments

Através do Departamento de Justiça (DoJ, equivalente ao Ministério da Justiça, MJ nacional) e em estreita coordenação com os departamentos de Estado e Defesa, além de integração interagências, o ainda país mais rico do mundo exerce sua influência jurídico-criminal de forma seletiva e discricionária em escala planetária.

more >>
© 2005-2021 Anarkismo.net. Unless otherwise stated by the author, all content is free for non-commercial reuse, reprint, and rebroadcast, on the net and elsewhere. Opinions are those of the contributors and are not necessarily endorsed by Anarkismo.net. [ Disclaimer | Privacy ]