user preferences

New Events

Norte da África

no event posted in the last week

A rua egípcia mais forte que as urnas!

category norte da África | community struggles | comunicado de imprensa author Friday December 20, 2013 03:26author by Alternative libertaire - AL Report this post to the editors

O presente texto, traduzido para o português do Brasil, apresenta uma análise feita pelo grupo Alternative Libertarie - AL sobre a questão egípcia.
Propondo como o caminho para o povo egípcio, uma luta que se encaminhe desde as bases, desde a rua, até de modo mais global contra o imperialismo americano e o fascismo religioso que disputam incessantemente o poder. [Français]
morsiout.jpg


A rua egípcia mais forte que as urnas


Dois anos e meio após a derrubada de Hosni Mubarak a rua egípcia volta a falar. Mohamed Morsi foi caçado do poder após um ano de reinado e quatro dias de manifestações, de uma amplitude nunca antes vista na história do país.

Os egípcios e as egípcias recordam ao mundo que uma eleição não é um cheque em branco que da aos representantes o direito a tudo fazer. A democracia real implica um controle dos mandatos pelos eleitores e isto não será nada sem a possibilidade de revogar aqueles que estão no mandato. Nenhuma constituição possibilita o poder aos seus trabalhadores (exceto alguns “referendos revocatórios” à la chavismo): as classes dominantes poderiam ter mais medo da espiral democrática do que de suas despesas. Para além das constituições, para além das leis, para além da “legitimidade democrática” baseada nas eleições, os trabalhadores e trabalhadoras do Egito se reapropriam de seu destino pela mobilização coletiva e revolucionária. Que nossos chefões ocidentais enforquem a “semente”, pois dela se gera as ideias aos trabalhadores e trabalhadoras de todo o mundo!

Entretanto, essa segunda revolução é marcada pela intervenção do exército na derrubada final de Morsi e dos assensos de golpes de Estado. Se os militares não derem uma saída inelutável para retificar o que diz a rua, acarretará uma faceta simbólica desastrosa. Para além do símbolo, os militares são em grande parte um retorno do poder autoritário e um retorno a um regime parecido com aquele que a rua veio a derrubar há dois anos e meio. Detentores de uma grande parte das riquezas do país (35 % do PIB), os militares tem pressa para tomar integralmente o poder político que é a garantia da perenidade de seu império econômico, sem levar em conta os interesses dos trabalhadores e das trabalhadoras.

Alternative Libertaire (AL) apóia os movimentos sociais egípcios assim como com as forças progressistas na batalha contra os islamitas e o exército para fazer nascer no Egito a liberdade, a igualdade social e uma verdade democrática fundada sobre os poderes populares.

Alternative Libertaire (AL)

9 de julho de 2013

Tradução: Marcelo Mazzoni

Related Link: http://www.alternativelibertaire.org/

This page has not been translated into 한국어 yet.

This page can be viewed in
English Italiano Deutsch
George Floyd: one death too many in the “land of the free”

Front page

O ocaso da Escola de Defesa Sul americana, um fracasso planejado da integração regional em âmbito securitário

Ciriaco Duarte - Ο αναρχισμός στην Παραγουάη

Μνήμη David Graeber

“Cristofobia” ou a simples subserviência: o discurso de Bolsonaro na ONU

Η Αναρχική Κομμουνιστική Πολιτική Οικονομία

Solidariedade aos/às 51 antifascistas presos em Tessalônica, Grécia, em 16 de setembro de 2020.

Book Review: Unflattering Photos of Fascists

Aλληλεγγύη στους 51 αντιφασίστες της Θεσσαλονίκης

Balance movilización nacional del 21 de septiembre de 2020

Déclaration internationale de solidarité aux 51 antifascistes arrêté-es à Thessalonique, en Grèce, le 16 septembre 2020.

Η αναρχοκομμουνιστική οργάνωση Die Plattform

Book Review: 'For Workers' Power'

Solidarietà ai 51 antifascisti arrestati a Salonicco il 16/9/2020

Solidaridad con los/as 51 antifascistas que fueron arrestados en Tesalónica, Grecia el pasado 16 de septiembre de 2020.

International statement of solidarity with the 51 anti-fascists who were arrested in Thessaloniki, Greece, on 16/9/2020.

Αναρχισμός στην Οθωμανική Αυτοκρατορία

Donald Trump: A New Emperor of the Lumpenproletariat?

September 2020 Kate Sharpley Library Bulletin online

Η Τέχνη υπό τον καπιταλισμό

Movie Review: 'SAVAGE'

Τα τρία τριαντάφυλλα της θάλασσας

È Uscito Il Primo Numero De "Il Cantiere"

[UCL-França] Belarus, a classe trabalhadora contra Lukashenko

“Biennio Rosso-Η Κόκκινη Διετία”

© 2005-2020 Anarkismo.net. Unless otherwise stated by the author, all content is free for non-commercial reuse, reprint, and rebroadcast, on the net and elsewhere. Opinions are those of the contributors and are not necessarily endorsed by Anarkismo.net. [ Disclaimer | Privacy ]