user preferences

New Events

Brazil/Guyana/Suriname/FGuiana

no event posted in the last week

Carta de Intenções para o Congresso da CAB

category brazil/guyana/suriname/fguiana | movimento anarquista | opinião / análise author Monday June 18, 2012 20:50author by Organização Resistência Libertária (ORL) Report this post to the editors

Carta de Intenções para o Congresso da CAB
orl2.jpg

Companheiros(as) do Fórum do Anarquismo Organizado (FAO),

Nós, companheiros(as) da Organização Resistência Libertária, organização anarquista especifista cearense, saudamos o Congresso de Fundação da Coordenação Anarquista Brasileira (CAB).

Sabemos do empenho hercúleo da vossa militância ao longo desses 10 anos para organizar o anarquismo nacionalmente. Reconhecemos, e somos também fruto desse processo de articulação e desenvolvimento das forças anarquistas de norte a sul desse país. Certamente o trabalho desenvolvido pelo FAO foi essencial nesse período, mantendo viva a chama libertária, desempenhando o importante papel de articular as nossas organizações, recolocando a militância anarquista onde ela deve estar, nas lutas de nosso povo.

Até o momento, nossa organização tem mantido um diálogo freqüente com as organizações políticas em nível de nordeste (Coletivo Libertário Delmirense – COLIDE, Coletivo Anarquista Núcleo Negro – NN e Coletivo Anarquista Zumbi dos Palmares – CAZP), com a Federação Anarquista do Rio de Janeiro (FARJ) e, mais recentemente, com os companheiros do Coletivo Mineiro Popular Anarquista (COMPA). Temos nos esforçado no
último ano em construir a luta e nos organizar regionalmente. Sem dúvida nenhuma, esse esforço será de grande importância para o crescimento de nossas fileiras em âmbito nacional – e bem sabemos dos belos esforços que têm sido dados nas regiões sudeste e sul nesse sentido.

Agora, quando novas organizações anarquistas surgem no país, é hora de avançar nessa organização. É avançar para além da estrutura, que ora se está dando grande passo, e discutir marcos teóricos e políticos unitários para nossas organizações. É crescer regionalmente, organizar as forças especifistas nacionalmente e estreitar ainda mais o contato com nossas organizações irmãs espalhadas por Nossa América. Ao longo desse caminho, temos mantido o diálogo, que marca nossa militância, na busca da construção de teoria e colocando o anarquismo como uma sólida ferramenta de atuação nos movimentos sociais visando uma ruptura revolucionária com esta sociedade, responsável por toda a miséria que vemos todos os dias ao acordar.

A Organização Resistência Libertária, ciente dos laços ideológicos e políticos construídos nos últimos 4 anos de militância no seio do anarquismo brasileiro, ao lado de nossas organizações, dá também, neste momento, seu passo a frente. Ciente ainda que avançará enquanto organização política e da necessidade de uma organização política nacional, junto ao FAO, compartilha sua militância e manifesta seu empenho e decisão em aderir a Coordenação Anarquista Brasileira, participando do Congresso Fundacional a ser realizado em junho deste ano e assumindo as responsabilidades que lhe cabe.

Fortaleza-CE, 07 de maio de 2012

This page can be viewed in
English Italiano Deutsch
Neste 8 de Março, levantamos mais uma vez a nossa voz e os nossos punhos pela vida das mulheres!
© 2005-2019 Anarkismo.net. Unless otherwise stated by the author, all content is free for non-commercial reuse, reprint, and rebroadcast, on the net and elsewhere. Opinions are those of the contributors and are not necessarily endorsed by Anarkismo.net. [ Disclaimer | Privacy ]