Benutzereinstellungen

Neue Veranstaltungshinweise

Brazil/Guyana/Suriname/FGuiana

Es wurden keine neuen Veranstaltungshinweise in der letzten Woche veröffentlicht

Kommende Veranstaltungen

Brazil/Guyana/Suriname/FGuiana | Movimento anarquista

Keine kommenden Veranstaltungen veröffentlicht

Brasil: Fortalecer regionalmente o Anarquismo

category brazil/guyana/suriname/fguiana | movimento anarquista | comunicado de imprensa author Mittwoch April 11, 2012 07:26author by Organizações Anarquistas no Nordeste do Brasil Report this post to the editors

DECLARAÇÃO DO II ENCONTRO DO ANARQUISMO ESPECIFISTA DO NORDESTE

Está dado mais um passo no avanço do Anarquismo Especifista no Nordeste do Brasil. Reunidos em Recife, nos empenhamos em aprofundar o debate sobre o especifismo e estruturação dos agrupamentos políticos em nossa região, com vistas ao nosso fortalecimento e consolidação. [English]
rubro.jpg


FORTALECER REGIONALMENTE O ANARQUISMO

DECLARAÇÃO DO II ENCONTRO DO ANARQUISMO ESPECIFISTA DO NORDESTE


Está dado mais um passo no avanço do Anarquismo Especifista no Nordeste do Brasil. Reunidos em Recife, nos empenhamos em aprofundar o debate sobre o especifismo e estruturação dos agrupamentos políticos em nossa região, com vistas ao nosso fortalecimento e consolidação.

Compreendemos que o especifismo está para além de um simples modelo organizativo e significa também o início de uma construção teórica própria dentro do anarquismo. Mesmo que hoje ainda não exista em nosso interior uma teoria comum, já possuímos uma prática política próxima, a qual certamente terá influencia em nosso desenvolvimento teórico unitário.

Dialogamos com clássicos, a exemplo de Bakunin e Malatesta, bem como com a experiência mais recente desenvolvida pelos camaradas da Federação Anarquista Uruguaia (FAU) desde a década de 1950. E, assim, procuramos avançar em construir elementos para nossas formulações próprias em termos teóricos e organizativos a fim de aperfeiçoar nossa prática política e fincar as raízes de nossa ideologia.

Neste desafio, destacamos a importância da minoria ativa como princípio do especifismo. Ou seja, de o anarquismo se articular cada vez mais para fermentar as lutas no seio dos movimentos sociais, visando a construção de posturas mais combativas e horizontais. Em uma expressão: criar um povo forte.

Na luta pela construção do poder popular, assumimos o “poder” enquanto a capacidade de fazer e não a possibilidade de oprimir. É preciso fazer a dissociação entre as noções de “poder” e “domínio”, entendendo domínio como a atitude de usar a força do povo contra ele próprio. Esta concepção é resultado de nossa ideologia e teoria; e influencia nossa estratégia.

Atentos à necessidade de consolidação e expansão do especifismo, nosso encontro faz parte do esforço histórico de alinhamento regional para fortalecer a coordenação nacional das lutas. Neste espírito, saudamos o Fórum do Anarquismo Organizado e outras organizações especifistas na batalha por construir a Coordenação Anarquista Brasileira (CAB), a ser fundada em junho deste ano.

LUTA, CRIAR, PODER POPULAR!
VIVA A ANARQUIA!


Assinam esta declaração:

- Coletivo Anarquista Núcleo Negro (NN) – Pernambuco
- Coletivo Anarquista Zumbi dos Palmares (CAZP) – Alagoas
- Coletivo Libertário Delmirense (COLIDE) – Alagoas
- Organização Resistência Libertária (ORL) – Ceará


Reunidos no II Encontro do Anarquismo Especifista do Nordeste
Recife – Pernambuco - Brasil, nos dias 06, 07 e 08 de abril de 2012

Sítios:
Coletivo Anarquista Núcleo Negro (NN) – Pernambuco
http://www.nucleonegro.wordpress.com/
Coletivo Anarquista Zumbi dos Palmares (CAZP) – Alagoas
http://www.cazp.wordpress.com/
Organização Resistência Libertária (ORL) – Ceará
http://www.resistencialibertaria.org/

This page can be viewed in
English Italiano Deutsch
Neste 8 de Março, levantamos mais uma vez a nossa voz e os nossos punhos pela vida das mulheres!

Brazil/Guyana/Suriname/FGuiana | Movimento anarquista | Comunicado de imprensa | pt

Sa 20 Jul, 20:39

browse text browse image

opinio_anarquista.png imageMensagem ao Congresso Fundacional da Coordenação Anarquista Brasileira 03:46 Fr 01 Jun by Federação Anarquista Gaúcha 0 comments

O anarquismo organizado no Brasil viverá nos dias de junho, no Rio de Janeiro, seu maior acontecimento histórico contemporâneo. O Congresso Anarquista que reunirá grupos de cerca de 10 estados do país em debates, acordos e resoluções para atuar em princípios e táticas comuns sobre a realidade brasileira tem um significado muito especial. Nossa convicção, em mais de 10 anos de processo, diz que o anarquismo militante tem irrenunciáveis aportes para as lutas por uma mudança social anticapitalista. [Français] [Ελληνικά]

convite_congresso_junho_2012.jpg image10 anos do Fórum do Anarquismo Organizado. 02:50 Do 10 Mai by Fórum do Anarquismo Organizado 0 comments

No início de 2002 recomeçava de forma mais lúcida um processo de articulação nacional para o anarquismo organizado e com inserção social no Brasil. Há dez anos foi criado o Fórum do Anarquismo Organizado (FAO), com o objetivo de articular grupos regionais e também lutar pela construção de uma organização anarquista brasileira dotada de projeto político comum. De lá pra cá, conseguimos fazer avançar esse processo com a consolidação de organizações especificamente anarquistas em alguns estados.

textCarta de saudação pelos 10 anos de história e luta do CAZP 21:05 Do 19 Apr by Organização Resistência Libertária 0 comments

Nos próximos dias 13 e 14 de abril o Coletivo Anarquista Zumbi dos Palmares (CAZP) comemora dez anos de história! Para nós da Organização Resistência Libertária (ORL) isso é motivo de muita alegria e comemoração. É um momento de afirmação da memória de luta construída por uma organização irmã, que compartilha conosco uma militância libertária há alguns anos, mantendo relações de solidariedade e troca de experiências militantes.

paem.jpg imageNota pública de encerramento 17:42 So 29 Mai by Coletivo Para Além do Estado e do Mercado 0 comments

O coletivo Para Além do Estado e do Mercado/PAEM, agrupamento anarquista formado em 2006 na cidade de Dourados/MS, vem por meio desta nota comunicar oficialmente o encerramento de suas atividades.

15anos.jpg imageFederação Anarquista Gaúcha - 15 anos lutando pelo Socialismo e pela Liberdade 21:33 Mo 22 Nov by Federação Anarquista Gaúcha 0 comments

Já se vão 15 anos desde o dia 18 de novembro de 1995 e esta jovem Federação Anarquista Gaúcha, trás a marca de um profundo compromisso com a classe e o povo a que pertence.

soli17.jpg imageSocialismo Libertário, nº 17 21:55 Di 06 Mai by Fórum do Anarquismo Organizado 0 comments

Disponível a edição do trimestre abril-junho do Socialismo Libertário, jornal co-editado pelos grupos do FAO.

figura1.jpg imageSocialismo Libertário: Periódico Nacional do FAO 09:06 Sa 23 Feb by evandro couto 0 comments

É um órgão de anarquismo organizado coeditado pelos grupos aderidos ao FAO Brasil e seus colaboradores. Todos os artigos são de sua responsabilidade, salvo os assinados por colaboradores ou reproduzidos de outros lugares para informação e debate.

textSite Vermelho & Negro .org 00:29 Fr 31 Aug by Fórum do Anarquismo Organizado (FAO) 0 comments

Visite o portal do Fórum do Anarquismo Organizado (FAO): http://www.vermelhoenegro.org/

fag.gif imageNova Página da FAG na rede 22:41 Di 12 Sep by Rafael 0 comments

A nova página da FAG veiculará com periodicidade notícias, debates e opiniões em distintas seções que pretendem dar conta de nossa específica atividade política. As conjunturas que nos tocam no país e no mundo, o nível de lutas no campo sindical e popular que participamos, como vai se gestando o anarquismo organizado por esses pagos, entre outros temas, terão expressão certa neste veículo.

textUNIPA abre grupo de discussão on line 13:29 Di 13 Sep by Alvaro 0 comments

Convite do Unipa Grupos

more >>

imageLe regroupement de tendance Jun 06 by Felipe Corrêa 0 comments

La tendance est une organisation que nous pourrions appeler de politico-sociale, en d'autres termes, c'est une organisation qui regroupe des secteurs populaires qui possèdent une affinité en relations aux questions méthodologiques et programmatiques, mais qui ne possèdent pas nécessairement des affinités en relation à une certaine idéologie (marxisme, anarchisme, autonomisme, etc.). La tendance, donc, n'est pas une organisation politique (parti) ni, non plus, une organisation de masses (mouvement populaire) ; elle existe à un niveau que nous pourrions appeler d'intermédiaire, entre le politique et le social. La tendance réunit des militant.e.s qui agissent dans un ou plusieurs mouvements populaires et dans les secteurs désorganisés de la population avec pour objectif de promouvoir à l'intérieur des mouvements dans lesquels ils/elles sont actifs/ves une méthodologie de travail et un programme déterminé, en plus d'organiser ces mouvements dans les secteurs les plus divers du peuple qui pour l'instant sont désorganisés. En plus de cela, la tendance offre un espace d'interaction entre les diver.e.s militant.e.s qui partagent des visions proches et sert a augmenter la force sociale de son incidence dans le camps populaire, augmentant son pouvoir d'influence dans ce camps et empêchant que d'autres personnes ou regroupements, qui possèdent des conceptions contraires, puissent faire prévaloir leurs visions et user d'autres militant.e.s pour atteindre leurs objectifs propres. La tendance donne de la cohérence opérationnelle aux militant.e.s qui agissent avec des objectifs clairs et bien définis et constitue la « face » du militantisme quotidien dans le travail social. Contrairement a aspirer à être l'avant-garde des mouvements, elle a la fonction de ferment et de moteur ; elle doit stimuler les mouvements populaires, garantir qu'ils possèdent la capacité de promouvoir leurs propres luttes, tantôt revendicatives (court terme), comme transformatives (long terme). Les militant.e.s de la tendance font partie intégrante du peuple et promeuvent le protagonisme populaire, en d'autres termes, ils et elles ont pour objectif de créer un peuple fort.

imageRevista Socialismo Libertário 3 Mär 16 by Coordenação Anarquista Brasileira (CAB) 0 comments

Terceiro número da revista Socialismo Libertário, publicada pela Coordenação Anarquista Brasileira (CAB). Veja aqui link para baixar a revista e para os artigos!

imageObjetivos Finalistas Mär 16 by Coordenação Anarquista Brasileira (CAB) 0 comments

Afirmamos dois objetivos que entendemos por finalistas: a revolução social e o socialismo libertário. A revolução social tem por objetivo destruir a sociedade de exploração e dominação. O socialismo libertário é o que dá o sentido construtivo à revolução social.

imagePara uma Teoria da Estratégia Mär 16 by Coordenação Anarquista Brasileira (CAB) 1 comments

Texto da CAB que conceitua estratégia e seus grandes elementos. [English]

imageO 1° de Maio em meio à crise final do projeto “Democrático-Popular” Mai 03 by Coordenação Anarquista Brasileira 0 comments

Os 14 anos de hegemonia do projeto democrático popular chegam a sua saturação final. Nestes últimos anos a esquerda não governista esteve em meio a uma luta para conformar uma alternativa a esse bloco. Cada setor, cada organização concebeu, a sua maneira, o que seria essa alternativa. Mas no fim, não foi capaz de presenciar alguma proposta que disputasse com o bloco governista nas lutas populares. Isso, por sua vez, não tirou de cena o surgimento de inúmeras experiências que transbordam ensinamentos e avanços difíceis de medir precisamente. Das “greves selvagens” e das revoltas nas obras do PAC, passando pelas jornadas de junho em 2013, a luta por moradia nas grandes cidades e a recente onda de ocupações de escolas por estudantes secundaristas em São Paulo, Goiânia, Rio de Janeiro e Belém mostram que em meio às trevas da ofensiva reacionária, também vai se afirmando uma nova geração de lutadores e lutadoras. Uma geração que não se formou pelas estruturas tradicionais de luta e organização que a esquerda construiu nas últimas décadas, por isso mesmo, uma geração refratária aos métodos e à cultura destas estruturas.

more >>

imageMensagem ao Congresso Fundacional da Coordenação Anarquista Brasileira Jun 01 FAG 0 comments

O anarquismo organizado no Brasil viverá nos dias de junho, no Rio de Janeiro, seu maior acontecimento histórico contemporâneo. O Congresso Anarquista que reunirá grupos de cerca de 10 estados do país em debates, acordos e resoluções para atuar em princípios e táticas comuns sobre a realidade brasileira tem um significado muito especial. Nossa convicção, em mais de 10 anos de processo, diz que o anarquismo militante tem irrenunciáveis aportes para as lutas por uma mudança social anticapitalista. [Français] [Ελληνικά]

image10 anos do Fórum do Anarquismo Organizado. Mai 10 FAO 0 comments

No início de 2002 recomeçava de forma mais lúcida um processo de articulação nacional para o anarquismo organizado e com inserção social no Brasil. Há dez anos foi criado o Fórum do Anarquismo Organizado (FAO), com o objetivo de articular grupos regionais e também lutar pela construção de uma organização anarquista brasileira dotada de projeto político comum. De lá pra cá, conseguimos fazer avançar esse processo com a consolidação de organizações especificamente anarquistas em alguns estados.

textCarta de saudação pelos 10 anos de história e luta do CAZP Apr 19 ORL 0 comments

Nos próximos dias 13 e 14 de abril o Coletivo Anarquista Zumbi dos Palmares (CAZP) comemora dez anos de história! Para nós da Organização Resistência Libertária (ORL) isso é motivo de muita alegria e comemoração. É um momento de afirmação da memória de luta construída por uma organização irmã, que compartilha conosco uma militância libertária há alguns anos, mantendo relações de solidariedade e troca de experiências militantes.

imageNota pública de encerramento Mai 29 PAEM 0 comments

O coletivo Para Além do Estado e do Mercado/PAEM, agrupamento anarquista formado em 2006 na cidade de Dourados/MS, vem por meio desta nota comunicar oficialmente o encerramento de suas atividades.

imageFederação Anarquista Gaúcha - 15 anos lutando pelo Socialismo e pela Liberdade Nov 22 FAG 0 comments

Já se vão 15 anos desde o dia 18 de novembro de 1995 e esta jovem Federação Anarquista Gaúcha, trás a marca de um profundo compromisso com a classe e o povo a que pertence.

more >>
© 2005-2019 Anarkismo.net. Unless otherwise stated by the author, all content is free for non-commercial reuse, reprint, and rebroadcast, on the net and elsewhere. Opinions are those of the contributors and are not necessarily endorsed by Anarkismo.net. [ Disclaimer | Privacy ]